Um dos especialistas de maior reconhecimento em direção de empresas do mundo, Ichak Adizes, já disse que, por analogia, como os seres vivos precisam de vitaminas para estar saudáveis, as organizações também precisam de vitaminas para funcionar. Se essas vitaminas não estão funcionando, a organização morre e não entendemos muito bem o porquê. Semelhante ao que acontecia com os marinheiros na época de Cristovão Colombo, quando padeciam de escorbuto.

Bastante comum no século XV, o escorbuto era uma doença de cura desconhecida e que atingia os marinheiros. Se um marinheiro adoecia, morria depois de um tempo sem que se soubesse a causa. Muito tempo depois, a ciência descobriu que o problema do escorbuto era muito fácil de resolver porque era provocado pela falta de vitamina C. O simples hábito de chupar limão teria sido suficiente para salvar muitos marinheiros.

A ideia de Adizes diz isso. Quero descrever agora quais são essas vitaminas e abordar, com um enfoque simples, alguns temas que se relacionam ao modo como as organizações funcionam para que se possa ver que muitos problemas têm soluções bastante fáceis.

A primeira vitamina para uma empresa seria a P, de Produzir. Toda organização precisa produzir algo e ter um propósito. Embora isso pareça ser muito óbvio, existe muita confusão a respeito. Se perguntarmos a alguém qual é o propósito de uma organização, essa pessoa certamente dirá que é ganhar dinheiro.

Essa confusão, segundo Adizes, é parecida com a confusão, em um jogo de futebol, entre o placar e o jogo em si. Se sou parte de um time de futebol, meu propósito é fazer gols, mais gols do que fazem em mim e, a partir daí, terei um resultado que se refletirá no placar. Mas muitas empresas mirando no placar, em vez de se dedicarem a tentar fazer gols, se perdem durante o jogo.

Continua… http://administradores.com.br/noticias/administracao-e-negocios/as-organizacoes-tambem-precisam-de-vitaminas/77522/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comments are closed.

Post Navigation